Offcanvas Section

You can publish whatever you want in the Offcanvas Section. It can be any module or particle.

By default, the available module positions are offcanvas-a and offcanvas-b but you can add as many module positions as you want from the Layout Manager.

You can also add the hidden-phone module class suffix to your modules so they do not appear in the Offcanvas Section when the site is loaded on a mobile device.

0044 889 555 432
office@delight.com
64184 Vincent Place

Created with GIMP

 

O desaparecimento do indigenista, Bruno Pereira e do jornalista, Dom Phillips, correspondente do jornal The Guardian, na região do Vale do Javari, no estado do Amazonas, completou uma semana, nessa segunda-feira, 13 de junho.  

Para acompanhar, fiscalizar e propor providências sobre as providências quanto ao desaparecimento, a deputada federal Joenia Wapichana (Rede-RR), protocolou ontem (13), um requerimento solicitando a criação da Comissão Temporária Externa.

O caso foi comunicado no dia 5 de junho e até hoje, não há respostas concretas. Foi criado um Comitê de crise, coordenado pela Polícia Federal, que acompanha as investigações, juntamente com a organização União dos Povos Indígenas do Vale do Javari (UNIVAJA) que, constantemente, emite comunicados sobre o andamento das buscas pelos desaparecidos.

No requerimento, além de relatar o histórico de invasões no território do Vale do Javari e as ameaças contra o indigenista, denunciadas várias vezes aos órgãos competentes, a deputada também destacou, como equívoco, o comunicado feito pelo presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai), Marcelo Xavier, onde afirmou que a missão de Bruno e Dom Phillips “não foi comunicada à Funai’ e que os dois tinham entrado na terra indígena sem nenhuma comunicação aos órgãos de segurança e à Funai.

“O equívoco, proposital ou não, busca desacreditar o experiente indigenista e o jornalista. Bruno Pereira e Dom Phillips não estavam na Terra Indígena (TI) Vale do Javari quando desapareceram, mas sim em um acampamento da União dos Povos Indígenas do Vale do Javari, a Univaja, que fica no limite da TI”, destacou sobre o local de missão na região do Vale do Javari.

Diante de toda essa escalada de violência contra os povos indígenas, seus apoiadores, os protetores ambientais, Joenia Wapichana reforça que “a Câmara tem o dever de acompanhar e fiscalizar como estão sendo desenvolvidas as ações governamentais para desvendar as circunstâncias do desaparecimento do indigenista Bruno Pereira e do jornalista Dom Phillips na região do Vale do Javari no estado do Amazonas e a falta de programas e planos de proteção da Amazônia”, reforçou.

Arte: CristianoSiqueira