Offcanvas Section

You can publish whatever you want in the Offcanvas Section. It can be any module or particle.

By default, the available module positions are offcanvas-a and offcanvas-b but you can add as many module positions as you want from the Layout Manager.

You can also add the hidden-phone module class suffix to your modules so they do not appear in the Offcanvas Section when the site is loaded on a mobile device.

0044 889 555 432
office@delight.com
64184 Vincent Place

WhatsApp Image 2022 05 10 at 16.09.00

A Câmara dos Deputados instalou nesta terça-feira(10), a Comissão Externa para acompanhar a série de violações de direitos contra o povo indígena Yanomami, em especial contra as mulheres e crianças. O requerimento aprovado na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC), na última quinta-feira, 5, é da deputada federal Joenia Wapichana (Rede/RR) e Erika Kokay (PT/DF). 

Coordenada pela deputada Joenia Wapichana, a Comissão terá 12 membros: Airton Faleiro(PT); Aliel Machado (PV/PR); Bacelar (PV/BA); Bira do Pindaré (PSB/MA); Camilo Capiberibe PSB/AP); Erika Kokay (PT/DF); Glauber Braga (Psol/RJ); José Ricardo (PT/AM); Orlando Silva (PCdoB/SP); Tereza Nelma (PSD/AL); Túlio Gadelha (Rede/PE); e Vivi Reis (Psol/PA). 

Na ocasião, a coordenadora apresentou o plano de trabalho da Comissão, que será executado com as seguintes atividades, reuniões ordinárias, reuniões conjuntas com Comissões Permanentes, audiências públicas e reuniões técnicas, seminários, diligências e visitas técnicas, além de um diagnóstico dos desafios e possíveis proposições necessárias ao assunto. 

A agenda da Comissão começa nesta quarta-feira, 11, em Boa Vista, com a diligência junto com a Comissão de Direitos Humanos do Senado, solicitada pelo senador Humberto Costa, presidente da Comissão.  

No ato da instalação, a coordenadora reforçou que os esforços que a Câmara tem feito são para dar resposta sobre essa situação grave que está acontecendo na terra indígena Yanomami. A apuração e pedidos de providências também deverão ser estendidos a outros casos ocorridos na região. 

“ É necessário que essa comissão externa se debruce em encaminhamentos para que o povo Yanomami e a sociedade tenha uma resposta a situação que ocorre dentro da terra indígena Yanomami”, reforçou a coordenadora sobre a missão da diligência em Roraima. 

Fotos: Lohana Chaves