Offcanvas Section

You can publish whatever you want in the Offcanvas Section. It can be any module or particle.

By default, the available module positions are offcanvas-a and offcanvas-b but you can add as many module positions as you want from the Layout Manager.

You can also add the hidden-phone module class suffix to your modules so they do not appear in the Offcanvas Section when the site is loaded on a mobile device.

0044 889 555 432
office@delight.com
64184 Vincent Place

WhatsApp Image 2022 03 21 at 16.55.53

As mulheres indígenas na política: avanços e conquistas, é o tema de audiência pública que a Secretaria da Mulher da Câmara dos Deputados promove na nesta terça-feira (22/03), das 10 às 11h30, em parceria com a Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher (CMulher) e Comissão de Direitos Humanos e Minoria (CDHM). Integrantes dos povos originários do Brasil, as mulheres indígenas são as principais responsáveis pela proteção e continuidade das culturas e identidades de seus povos. E elas são, historicamente, os principais alvos das violências empreendidas contra os povos indígenas.

Aos poucos, enfrentando preconceitos culturais e machistas, elas estão cada vez mais ocupando espaços e alçando as vozes nas comunidades, cidades e espaços públicos, unindo-se em prol da superação das desigualdades e da defesa dos direitos dos seus povos e das florestas. Nos últimos anos, as mulheres indígenas têm ampliado significativamente sua participação em processos eleitorais, sendo candidatas a cargos do Executivo e do Legislativo. Na Câmara dos Deputados, para esta legislatura, foi eleita Joenia Wapichana, de Roraima, a primeira mulher indígena no Parlamento federal.

De acordo com dados da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB), com base nas estatísticas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), nas eleições de 2020 foram eleitos 234 representantes de 71 povos originários, sendo 10 prefeitos, 11 vice-prefeitos e 213 vereadores. Nesse universo, 31 mulheres indígenas foram eleitas, ou seja, 13% do total. Em 2016, foram apenas 15 indígenas eleitas (8%).

Para debater o tema, foram convidadas: Sonia Guajajara, coordenadora da APIB; Vanda Ortega Witoto, líder indígena do Amazonas; Ô-é Kayapó e Juma Xipaia, líderes indígenas do Pará; Veralice Lima de Oliveria, vice-prefeita do município de Normandia no Estado de Roraima; e Samara Pataxó, representante do Núcleo de Inclusão e Diversidade da Secretaria Geral da Presidência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O debate foi proposto pela própria deputada Joenia Wapichana (Rede-RR) e será realizado de forma semipresencial no Plenário 7 do Anexo II da Câmara dos Deputados, como parte da programação da campanha Março Mulher, que incentiva debates sobre temas como conquistas sociais, políticas e econômicas, bem como a conscientização da sociedade sobre as desigualdades e os desafios para as mulheres. O seminário terá transmissão ao vivo pelo portal E-Democracia.

Foto: Paulo Sérgio/Câmara dos Deputados
Fonte: Ascom – Secretaria da Mulher