Offcanvas Section

You can publish whatever you want in the Offcanvas Section. It can be any module or particle.

By default, the available module positions are offcanvas-a and offcanvas-b but you can add as many module positions as you want from the Layout Manager.

You can also add the hidden-phone module class suffix to your modules so they do not appear in the Offcanvas Section when the site is loaded on a mobile device.

0044 889 555 432
office@delight.com
64184 Vincent Place

WhatsApp Image 2021 09 18 at 12.00.35

Representantes da Agência da ONU para Refugiados (Acnur) estiveram com a deputada Joenia Wapichana (REDE-RR), nesta sexta-feira, 17, com a finalidade de conversar sobre a situação dos indígenas venezuelanos que vivem nos abrigos de Boa Vista e Pacaraima, na fronteira com a Venezuela. A finalidade é estreitar laços de cooperação buscando maior visibilidade às ações desenvolvidas junto aos indígenas venezuelanos que vivem no Estado.

A oficial de Relações Institucionais, Thaís Menezes, e o coordenador sênior de campo, Arturo de Nieves, fizeram um resumo da atuação da Acnur junto aos refugiados em Roraima, falaram da estrutura dos abrigos e explicaram como são desenvolvidas as atividades realizadas especificamente aos indígenas, os Warao, em sua maioria, e Pémon, etnia conhecida como Taurepang do lado brasileiro. 

Conforme Thaís, um dos problemas mais urgentes enfrentados pela Acnur e seus parceiros é conseguir atendimento médico na cidade de Pacaraima. O desafio é buscar entendimentos com as autoridades brasileiras para que se possa garantir que esses indígenas venezuelanos também tenham o mesmo tratamento dado aos brasileiros por meio da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai).

"Vejo como positiva essa primeira aproximação para dialogar com o mandato", disse Arturo de Nieves, ao apontar que uma das prioridades no trabalho de acolhimento dos refugiados é focar na integração junto à sociedade brasileira. Ele convidou a deputada a visitar os abrigos para conhecer pessoalmente os projetos e a estratégia de integração dos indígenas venezuelanos.

A deputada Joenia disse que sempre esteve em seus planos conhecer melhor a realidade dos indígenas venezuelanos vivendo nos abrigos. Afirmou que seu gabinete estará aberto para discutir a realização de audiências públicas, com a participação também de representantes da Acnur em nível nacional, lideranças indígenas venezuelanas e Ministério Público Federal, para que possam apresentar as ações desenvolvidas em Roraima e conquistar visibilidade junto às demais autoridades brasileiras. 

Conforme os representantes da Acnur, são cerca de dois mil indígenas venezuelanos, sendo 95% da etnia Warao, os quais vivem em cinco abrigos na Capital, sendo um deles, no bairro Jardim Floresta, atuando como Centro de Capacitação de Lideranças, bem como atividades de fabricação de artesanato, cultura e outras ações que possibilitam um meio de vida para garantir renda.

Foto: Lohana Chaves